sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Road Trip - Amsterdan 2

Cenas dos últimos capítulos: Após uma turbulenta saída de Paris nossos intrépidos aventureiroschegam a terra do sexo e drogas liberados, Amsterdam! Ingerindo 2kg de bacon
e diminuindo sua expectativa de vida em 5 anos este que vos escreve saí junto com seu grupo para desbravar a região de Amsterdam.

Ok, após o café da manha e finalmente feito o check-in no hostel começou a perambulação pela cidade. O lixo continuava aos montes pelas ruas, porém felizmente em cerca de 7 horas as ruas já estavam completamente limpas (algo impensavel nas terras tupiniquins).
uma das muitas pilhas de lixo pela cidade

Como todo bom turista que se preze o primeiro dia foi dedicado àaà : ver a cidade e ir nos pontos turistico. Ou seja, voce senhor(a) leitor(a) que espera eu descrever sobre o uso indiscriminado de narcótico ou orgias sexuais não será neste parágrafo ou nos seguintes, pois vamos falar um pouco da cidade de Amsterdam.

O primeiro ponto marcante da cidade é sua arquitetura. Como verão nas fotos as casas são um pouco "espremidas" e coladas umas as outras. Diz a lenda que isso se deu para economizar dinheiro no pagamento dos impostos sobre os imóveis, já que o calculo era feito sobre o tamanho/largura da residência desconsiderando a altura ou o comprimento.

Outra coisa diferente das casas, sao as janelas. Não é só o fato de serem anormalm
ente grandes que chama atenção, mas sim a localização das mesmas. As janelas ficam de frente a rua, ou seja, são grandes vitrines da sua casa pra quem quiser ver! Não era incomum ao andar na rua, olhar para o lado e ver alguém na sala-de-estar tomando seu café da manha enquanto assistia a tv e até mesmo alguém passando pela sala/quarto em roupas intimas.

Basicamente todos os tipo de transporte possíveis sao encontrados na cidade ao mesmo tempo, trens, ônibus, carros, motos, bicicletas e barcos.. porém contrariando a lógica o trafego não é caótico, muitissimo pelo contrário fazendo com que andar por Amsterdam seja um passeio no parque, literalmente.

Um ponto legal de lá é que a cidade é basicamente plana, e pequena então as bicicletas são o meio de transporte mais popular, o que acaba criando ponto turisticos não premeditados como os estacionamentos de bicicletas:
o enfoque não é o hotel IBIS, mas sim o estacionamento de bikes

Dentre as coisas que atrem muito a cidade e eu tive a chance de ver e fazer são: O museu da Heinekken, os parques, os canais onde estão as casas-barcos, e claro o Red Light District.

Eu mesmo que não sou fãn de bebidas alcóólicas me diverti no museu/fábrica da Heinekken (apesar da entrada ser salgada) que dá a impressão de ser uma disneyland para os beberrões. Com tour guiado, degustação de cerveja, fimes contando a história da marca e suas propagandas, o processo de criação da bebida e claro mais degustação. Se voce gosta é um passeio recomendado.

Quanto as famosas casa-barcos não é bem aquilo que todos dizem, e muito menos o que foi mostrado na novela das 20h. Elas estão por toda a cidade e tive a impressão que de não é algo cool morar numa delas, mas sim algo meio "bazé", similar a morar num trailler entende? (posso estar enganado). Como a cidade é estruturada por ruas sempre paralelas cortadas por canais voce vê de um lado casas e do outro o rio, e obviamente nele essas casas-barco. É algo
interessante de se ver mas nada life-changing-experience. (sorry Manuel Carlos mas voce não me engana mais)
Os parques com certeza são um programa que apesar de parecer bobo é definitivamente um MUST a se fazer. Isto é, se voce gosta de ver belas paisagens e ficar tranquilo curtindo o momento e talz.(E mais uma vez me decepcionei coma cidade, nao vi nada proximo ao sexo explicito que todos dizem ser legalizado e comum nos parques de Amsterdam)

Finalmente temos o RED-LIGHT-DISTRICT... e bem esse fica pro próximo post afinal de contas tenho e manter minha audiência ¬¬'

2 comentários:

. disse...

Acho q trenho uns cinquenta mil comentarios sobre o seu post!
Primeiro: P#&@ que p#$£%§µ.. esse post demorou tanto que até tinha esquecido que vc tinha viajado pra la!
hahahahahaha

Eu não comi tanto bacon la.. muito pão, isso sim! Era barato no supermercado..

A foto do lixo me lembra uma vez que a galera que faz a limpeza nas ruas e lugares publicos de BSB entrou em paralização.
A rodoviaria parecia cena de filme do fim do mundo. As ruas estavam um caos. Acredite.; Até o lixo abandonado e acumulado na Europa é mais organizado..

Eu acredito na lenda das casas. Me falaram isso tb. Se não for verdade, esparramei inverdades por ai! Mas sabe q eu não tinha reparado nas janelas e pensando quão exposto isso era?!

Falando em bicicletas... Muitas buzinadas? Eu sim.. E eu não conheço uma pessoa q foi a AMS e não tirou uma foto desse estacionamento bizarro. é mto engraçado! tdo mundo tirou do mesmo angulo até! kkkk Teve gente tb q me perguntou pq eu tirei foto do Ibis.. #fail

Poxa, eu nõa achei/não sabia/dei mole com essa coisa da fabrica da Heineken... Não sei porque, mas não fui. Amo Heineken.

Em que novela das 20h apareceu casa-barco?

Eu tb não vi sexo explicito. Mas não me decepcionei com a cidade. Me choquei, na verdade, passei um dia inteiro xingando o lugar, mas depois amei! =)

(poutz... comentario qse do tamanho do post! kkkk)

Túlio Campos disse...

Post grande, nem vou ler! Putz...

Brincadeirinha... hehehehe

Legal, gostei das suas percepções, ainda não fui lá, quando for a gente compara.

Abraços