quinta-feira, 6 de março de 2008

Papo furado

Ola leitor(es) do já parado Plantas Nao Latem! estou de volta após uma longa ausencia e digo infelizmente que dessa vez não se trata de uma ausencia (como muitas outras já presenciadas) causada pela aquisição de um jogo novo, ou algo próximo de uma Leer causada por excesso de Guitar Hero, muita pratica de desenho ou flauta (nossa cada dia que passa perceo o quao Nerd sou).

Como alguns sabem outros não, as tao esperadas e estimadas férias da UFUlandia estão chegando ao fim, e com isso um pensamento ecoa em minha mente - e dos demais desocupados que leem o brogui- "DROGA! queria mais uma(s) semana(s)".
Porém digo isso (dessa vez) não devido a inercia provocada pelo atoismo e malemolencia inata do ferias lifestyle, e sim pois -acreditem ou não- estou ocupado e tenho mais o que fazer da vida.

Como alguns sabem outros não (percebo que uso muito essa expressao e preciso de uma substituta... divago) recentemente fui agraciado com a oportunidade de me tornar menos pobre e dar uma mamadinha nas tetas do governo graças a minha iniciação cientifica, porém como ja dizia Tio Ben: "Um grande poder traz consigo uma grande responsabilidade"(eu sei, essa frase não é muito condizente com o momento... mas eu queria usa-la entao que se dane! senao gostou deixe um comentario irado).
E assim, me vejo na obrigaçao de retribuir o investimo que a minha pessoa sera feito. Por increviel que pareça fui designado/convidado/instruido/obrigado a ler cerca de 1000/mil/10³ paginas essas férias, e nao estou me referindo a trilogia do Senhor dos Aneis ou a toda serie do Gharry Potter. Me refiro a livros de verdade, que irao lhe instruir e proporcionar conhecimento de fato.. ou seja, leitura dificil, chata e por que nao dizer broxante¬¬.

Devo admitir que foi um percurso dificil, já que enrolei nas 2 primeiras semanas, e para piorar quando comecei a ler (e com isso quero dizer que ja havia lido umas 200 paginas) descubro que estava lendo o livro errado...
Mas enfim, digo hoje com orgulho que consegui ler mais da metade do que foi pedido (realmente esperava que eu seria capaz de em um mes ler mil paginas? aff... que inocencia), e que gostei de ter lido. Percebo que conhecimento é poder de fato, já que agora me vejo capaz de apontar e por que não retrucar, um bando de babozeiras que escutei -e com toda certeza escutarei- de vários professores da area de psicologia infantil que se acham fodoes.

Porém o mais importante disso tudo é o motivo pra qual estou passando por esse martirio... e não não é para poder escrever um post long, ou ganhar uma bolsa menor que um salrio minimo, mas sim realizar o sonho de qualquer um que teve uma infancia ou adolescencia parecida com a minha.. rufem os tambores: Irei ajudar a criar um jogo de videogame!

Ok, obviamente nao sera algo como God fo War, Resident Evil ou mesmo Barbie... já que o jogo se destina ao fins cientificos e nao entreternimento.. mas mesmo assim putz um jogo de videogame! Eu sei que isso pode soar piegas mas devo dizer que realmente estou feliz e empolgado com isso e espero que o projeto de certo - e eu nao me foda(ao menos nao muito) no caminho. Também deixo claro que não farei a parte legal do jogo (construçao de personagens, programaçao, layout, etc) e que o jogo não sera algo rodado em consoles como algum playstation ou sequer num misero nintendinho... mas provavelmente em um computador com Windows 94 numa sala escura e apertada do lado de um video BetaMax, porem mesmo assim estou empolgado e me dou a direito de pensar que estou fazendo algo legal, importante e significativo! \o/

É o post esta grande e já te fiz perder muito do seu tempo, então missao cumprida, até a próxima!

P.S: acabo de abrir minha caixa de email, reuniao dia 13! preciso ler (no minimo) mais 164 paginas..sniff...sniff.

Nenhum comentário: